Experimentação fotográfica: o movimento

03-10-2014 08:50

    Fotografia de objetos em movimento

    O Clube de Fotografia recebeu um novo elemento (Inês Canas, 5º ano) e começámos por lhe apresentar o nosso site e o trabalho que iríamos desenvolver. Assim, cumprindo um dos seus objetivos - experimentação fotográfica- , o Clube esteve nesta sessão a treinar  a fotografia de objetos em movimento,  que apresentam muitas dificuldades em ser fotografados, a saber:

- Necessidade de usar o auto-focos ou uma pré focagem, antecipando um local de passagem do objeto;

-Utilização de boas condições de luz (que existiam pois estava um dia luminoso), um ISO de pelo menos 800 e o disparo contínuo da máquina digital, de modo a capturar instantes fugases;

- Utilização de tripé, quando possível, de modo a evitar a trepidação da máquina.

    Para tal preparámos de novo, como já haviamos feito em tempos no Clube, uma tina com água e corantes alimentares, assim como uma motorizada de corda que depois de "carregada" movimenta-se com grande rapidez, dando cambalhotas se assim ativarmos esta função. 

   O entusiasmo dos alunos foi imenso,  lançando a gota de corante, observando o impacto na água e depois a espera de mais de 15 segundos até a máquina gravar o registo contínuo das fotografias. Quando terminava a gravação descobrimos a beleza de algumas fotografias e claro, apagámos dezenas de outras. Através do congelamento de momentos únicos a Fotografia surpreende, conseguindo aquilo que os nossos olhos e memória não podem registar sem a sua ajuda, como podem observar nestas quantro imagens.

    Com o lançamento da motorizada as dificuldades foram maiores, principalmente na focagem e pela incerteza da trajetória descrita quando é lançada. Ficou combinado que voltarimos a treinareste tema.

 

Voltar

Procurar no site

Clube de Fotografia © 2019 Todos os direitos reservados.